Desafio 30 dias – Gratidão #04 – Lua

Obrigada Lua, por me envolver em seus raios e deixar-me sonhar alto, até alcançar as estrelas.

Desafio 30 dias - gratidão 04

 

A lua anda devagar mas atravessa o mundo. (Mia Couto)

 

Uma noite de luar é o máximo! Você já pararam para ver a lua? Quando cheia ou em qualquer fase dela? Você viram a lua ontem? Estava linda!

Poucas pessoas sabem o quanto sou fascinada pela Lua. É algo mágico que me envolve e me deixa livrar a mente e conectar-me de uma maneira diferente a ela. Não, eu não estou maluca rsrsr ainda.

Mas vejam o quanto esse globo branco amarelado, às vezes azulado, outras tantas com cores diversas ao seu redor nos traz calma e tranquilidade, se paramos e a observamos. Sem pressa, sem pensar em mais nada além daquele momento. Tranquilizando nossa respiração, nossa mente e até nosso coração. Por que não?

Oh Lua, majestosa! Hoje tenho muito a agradecer-te por todas as noites encantadas que me fez passar.

 

a-lua-anda

Fonte: http://www.frasesparaoface.com/a-lua-anda-devagar/

 

 

Anúncios

Desafio 30 dias – Gratidão #03 – Amigos

Obrigada, por todos aqueles que passaram e ficaram e voltaram a fazer parte da minha vida.
desafio 30 dias - gratidão 03
O valor das coisas não está no tempo que elas duram, mas na intensidade com que acontecem. Por isso existem momentos inesquecíveis, coisas inexplicáveis e pessoas incomparáveis.
Fernando Pessoa

“Amigo, estou aqui! Amigo, estou aqui!” Quem nunca assistiu Toy Story não sabe o significado real dessa música tema do filme. Um filme, teoricamente, infantil que traz uma mensagem que serve para todas as idades. Amigos sempre estão ao seu lado. Em todos os momentos. Mesmo que estejam distantes em metros, milhas, quilômetros, do outro lado do país, do mundo. Não importante o tamanho que essa distância possa ter, quando temos amigos de verdade, uma ligação, uma mensagem no inbox do face ou no zap basta para trazê-los beeeeeeeeeem pertinho da gente.

Rimos com lembranças de piadas, brincadeiras, situações passadas. Choramos com as aflições que os atingem e ficamos com o gostinho de quero mais quando a saudade aperta. Antidoto para isso? Um “bom dia” “lembrei daquele dia” “como está?” “lembrei de você”… tudo isso resume em uma pequena frase “Eu te amo”.

21297569_1580641745342807_1012224905_o

Foto do Google

Desafio 30 dias – Gratidão #02 – Conquistas

Obrigada, por todos os obstáculos vencidos até hoje!

desafio 30 dias - gratidão 02

A razão pela qual as pessoas desistem tão rápido é porque eles tendem a olhar para o quão longe eles ainda têm que ir, ao invés de quão longe eles conseguiram”. Desconhecido

Me deparei com essa frase ontem e pensei o quanto sua afirmação é verdadeira. Nunca estamos satisfeitos com nada, em momento nenhum. Sempre buscando mais, melhor, diferente…

Quase nunca reparamos no que já conquistamos ao longo de nossa jornada aqui na Terra. Aqueles que não gozam suas conquistas quase sempre são infelizes, porque sempre estão correndo atrás de alguma coisa e não conseguem enxergar o que já têm.

Hoje é dia de agradecer por todas as conquistas realizadas, acreditadas, suadas, vividas e compartilhadas com muitas pessoas ao meu redor.

21245596_1580568935350088_276964648_n

Direitos na imagem

Ensaio sobre a cegueira – José Saramago

download

Uma verdadeira ilustração do que poderia ser a frase de Einstein: “ Não sei como será a terceira guerra mundial, mas sei como será a quarta: com pedras e paus. ”

Uma narrativa sofrida, onde o autor demonstra o pior do que a humanidade pode se tornar.  Um verdadeiro mundo de provas e expiações onde o ser humano é reduzido ao mais primitivo do seu ser. Um mundo onde ninguém vê nada além de branco leitoso. Ou melhor, será que ninguém vê mesmo?

O livro começa com a ante página, na seguinte colocação: Se podes olhar, vê. Se podes ver, repara. ~ Livro dos Conselhos

Um mundo de cegos, onde o que impera para a maioria é a sobrevivência a todo custo, mesmo passando por cima, literalmente, uns dos outros. Começamos a analisar e a criticar cada pensamento, palavra e ação nossa, com o decorrer da leitura. A crueldade é demonstrada em diversas situações em que você lastima ter a capacidade da imaginação. Uma vez que ouvi a seguinte frase: “Se és capaz de imaginar, és capaz de fazer”.

“Uma coisa que não tem nome, essa coisa é o que somos.”

Não duvidei, e ainda não duvido, em momento algum durante a leitura, de que o ser humano realmente fosse capaz de todas as “proezas” descritas nesse livro. Uma história nua e crua de como a sociedade dita “civilizada” pode ser capaz de transformar-se em um pandemônio sem precedentes.

A riqueza de detalhes, a sabedoria em cada situação, a análise gerada em todos os conflitos… tudo o que se possa imaginar de grandezas e méritos ao autor, eu o faria com certeza. Pois nos faz perceber onde a humanidade por chegar e, acredito ainda que podemos ser capazes de não regredir a tanto, como evitar muitas das diversas situações citadas.

Assisti ao filme e me impressionou todo o enredo. Finalmente puder contemplar essa incrível leitura, merecedora de todos os aplausos possíveis no mundo.

Assinatura Salmão