Resenha: O Sétimo Dia – Kerry Drewery

download.png

 

Se vc não tiver problemas com SPOILERS continue a leitura, caso não goste, procure o primeiro livro da série e leia a minha resenha sobre ele aqui.

balls

Ainda dá tempo de ler ao menos a resenha…

balls

Certeza de que quer continuar? Ok, então. Vamos lá!

Martha foi solta da cela 7 e está livre. Ou não? Nessa sequência da eletrizante série A Cela, Martha está fora do corredor da morte, porém Isaac está agora preso. Sem muitas alternativas, sem saber em quem confiar e com muitos inimigos, ela tenta pensar em uma chance de tirá-lo de lá antes do sétimo dia, onde ele ou será condenado a cadeira elétrica ou libertado. Quanto mais ela foge e se esconde, mais perigos essa garota dos Arranha-Céus corre sem saber mesmo de onde ele pode chegar.

Pessoas poderosas por trás dos bastidores tentam a todo custo impedir a ação dos “simpatizantes” e atuam de forma baixa, vil e sem nenhum escrúpulo para atingir Martha e seus amigos.

Ainda com o cenário onde a “justiça” é “decidida” pelo povo através de um reality show com votação aberta para condenar ou absolver pessoas dentro de um prazo de 7 dias. E agora temos um novo show a nossa espera… Programa irmão do “Morte é Justiça”… Uma fascinante história em busca de uma verdade que a todo custo tentam encobrir, que o poder está nas mãos de poucos e o povo continua a ser manipulado pelas mídias e circos armados nas emissoras de TVs, jornais e quaisquer outros meios de comunicação. Continuando a crítica com relação a governos e emissoras e sobre como as notícias são repassadas para cada telespectador, ouvinte, leitor… Com uma incrível forma de prender sua atenção até o ponto final da última página.

Ansiosa pelo final dessa história.

Anúncios

Desafio 30 dias – Gratidão #02 – Conquistas

Obrigada, por todos os obstáculos vencidos até hoje!

desafio 30 dias - gratidão 02

A razão pela qual as pessoas desistem tão rápido é porque eles tendem a olhar para o quão longe eles ainda têm que ir, ao invés de quão longe eles conseguiram”. Desconhecido

Me deparei com essa frase ontem e pensei o quanto sua afirmação é verdadeira. Nunca estamos satisfeitos com nada, em momento nenhum. Sempre buscando mais, melhor, diferente…

Quase nunca reparamos no que já conquistamos ao longo de nossa jornada aqui na Terra. Aqueles que não gozam suas conquistas quase sempre são infelizes, porque sempre estão correndo atrás de alguma coisa e não conseguem enxergar o que já têm.

Hoje é dia de agradecer por todas as conquistas realizadas, acreditadas, suadas, vividas e compartilhadas com muitas pessoas ao meu redor.

21245596_1580568935350088_276964648_n

Direitos na imagem

Ensaio sobre a cegueira – José Saramago

download

Uma verdadeira ilustração do que poderia ser a frase de Einstein: “ Não sei como será a terceira guerra mundial, mas sei como será a quarta: com pedras e paus. ”

Uma narrativa sofrida, onde o autor demonstra o pior do que a humanidade pode se tornar.  Um verdadeiro mundo de provas e expiações onde o ser humano é reduzido ao mais primitivo do seu ser. Um mundo onde ninguém vê nada além de branco leitoso. Ou melhor, será que ninguém vê mesmo?

O livro começa com a ante página, na seguinte colocação: Se podes olhar, vê. Se podes ver, repara. ~ Livro dos Conselhos

Um mundo de cegos, onde o que impera para a maioria é a sobrevivência a todo custo, mesmo passando por cima, literalmente, uns dos outros. Começamos a analisar e a criticar cada pensamento, palavra e ação nossa, com o decorrer da leitura. A crueldade é demonstrada em diversas situações em que você lastima ter a capacidade da imaginação. Uma vez que ouvi a seguinte frase: “Se és capaz de imaginar, és capaz de fazer”.

“Uma coisa que não tem nome, essa coisa é o que somos.”

Não duvidei, e ainda não duvido, em momento algum durante a leitura, de que o ser humano realmente fosse capaz de todas as “proezas” descritas nesse livro. Uma história nua e crua de como a sociedade dita “civilizada” pode ser capaz de transformar-se em um pandemônio sem precedentes.

A riqueza de detalhes, a sabedoria em cada situação, a análise gerada em todos os conflitos… tudo o que se possa imaginar de grandezas e méritos ao autor, eu o faria com certeza. Pois nos faz perceber onde a humanidade por chegar e, acredito ainda que podemos ser capazes de não regredir a tanto, como evitar muitas das diversas situações citadas.

Assisti ao filme e me impressionou todo o enredo. Finalmente puder contemplar essa incrível leitura, merecedora de todos os aplausos possíveis no mundo.

Assinatura Salmão

Coisas que fazem bem

Uma coisa é certa hoje, falta amor, carinho, compreensão, indulgência de um ser humano para com o outro. Existe tanto bem nesses simples gestos! Vi essa imagem e resolvi escrever…

86d823d3051e994e5b2c39ffaf298957

Quem não gosta de elogios? Ninguém né! Um elogio sincero pode reacender uma amizade quase perdida, um amor latente, um sorriso esmorecido no rosto de uma pessoa. Elogios quando sinceros tornam o momento mágico.

Conversa fiada, aquela que não tem nem pé, nem cabeça, que começa do nada e termina igual e quando você vê já se passaram uns bons minutos apenas nessa troca de energia com outra pessoa. Isso vale ouro!

Amigos e livros. Preciso comentar o quão bom é ter amigos para conversar sobre livros? Não né! Kkkkk Graças ao mundo mágico criado pelas redes sociais, a proximidade com outras pessoas de outros estados faz com que essas conversas sejam bem produtivas. Quando encontramos em meio a esses seres iluminados que amam livros e que moram na mesma cidade que a nossa… BINGO! Ganhamos na loteria da amizade. Hoje posso dizer que tenho amigas próximas que fazem parte do meu círculo social real rsrsrs. Que nossas conversas são divertidas, os debates acalorados e no fim, ganhamos todas, porque o principal é amar os livros e seus lindos personagens. Além de perseguir os autores por mais e mais e mais rsrsrs.

Banho de mar é uma das melhores sensações que um ser humano pode ter na vida. Você e a natureza, numa fusão e troca de energia. Pés descalços sobre a areia molhada, deixando pegadas a beira mar. O vento emaranhando os cabelos ou a brisa levando embora pensamentos ruins e deixando apenas o sentir e viver daquele momento. Fechar os olhos e sentir o calor do sol sob a pele… hummmm, momentos incríveis e inesquecíveis. Você mergulha e retornar renovado.

Beijo e abraço. Aconchego, carinho, troca de sentimentos, tudo isso você sente em momentos especiais como esses simples dois. Uma pessoa se abre e deixa-se levar. Deveríamos trocar mais abraços e beijar mais também, rsrsrs, é sempre bom!

Sorvete na casquinha! Amo, adoro, quero mais, sempre! Melhor sabor da vida!

Sorrir já é bom com motivo, sem motivo então… sinal de que você é feliz, alegre e satisfeito com o simples gesto de sorrir para outros, sem explicação, sem lógica, pela simples vontade de fazer transparecer sua boa energia em forma de sorriso.

Gentilezas, geram… gentilezas! Sim, claro! É um ciclo! Você quando é gentil com alguém, essa pessoa em algum determinado momento também será gentil com outra pessoa e assim por diante. Um ciclo que nunca acaba, pois não tem prazo de validade. Seja gentil, pratique a gentileza.

Bom dia a todos!

Assinatura Salmão